ESPETÁCULO | OFÉLIA OLHOS D’ÁGUA

Um evento, uma intervenção política, um ritual, ou uma pura ação ou presença. 

Um conceito que contesta a si mesmo, como a arte e a democracia, que não somente consideram, senão que incorporam o desacordo em si mesmos.

Ofélia olhos d’água ou Territórios Movediços abre frestas para se pensar na condição do amor nos dias de hoje e nas questões de gênero que estão sendo finalmente discutidas.

A personagem Ofélia, do clássico shakespeariano, funciona como uma metáfora para várias outras mulheres, famosas ou não, que conhecemos ou não, para se pensar nas condições que o gênero impõe.

Que tipo de informações são exaltadas em uma mulher, o que se espera que ela faça?

Estas questões são pertinentes mais do que nunca na atualidade, num momento de crise do poder, de manifestações e muita violência, onde é urgente dar voz às mulheres e mais do que isso, por parte de quem tem o poder, não achar que isso é um favor.

A performance, através da dança, fala de poder, de abuso de poder, de submissão e das conseqüências destes abusos para a sociedade em geral.

Esta performance foi contemplada pelo edital Viva o Talento! 2015.

Dia 2 de Abril, Sábado, às 19h
Entrada gratuita
Classificação: 16 anos

Ficha técnica:

Criação, direção e atuação: Camila Fersi

Assistente de direção: Gabriela Jung

Provocação: Laura Noronha

Trilha sonora: Coletivo Instantâneo

Vídeo projeção ‛Ofélias’:

Direção, filmagem e edição: Ariana Lorenzino

Performance :: Aldiane Dala Costa, Ana Clara Amaral e Camila Fersi

Vídeo animação ‛2+2=5’ :: Gastón Viñas

Vídeo projeção ‛Céu’ :: Gabriela Jung e Thalia Fersi

Contra regragem e operação de audio, luz e projeção: Eduardo Esper e Gabriela Jung

Direção, filmagem e edição: Ariana Lorenzino

Performance: Aldiane Dala Costa, Ana Clara Amaral e Camila Fersi

Realização e produção: Coletivo Instantaneo

Patrocínio: Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro e Secretaria Municipal de Cultura

Apoio: Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro

Agradecimentos: Andria Pivicevic, Edith Fersi, Eduardo Esper, Gil Santos, Núcleo Fuga!, Paula Mori e toda equipe do Centro Coreográfico.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s