Corpo em ConTexto

Corpo em Contexto é o novo projeto do Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro que tem o objetivo de fomentar discussões sobre a dança e seus processos criativos.
Ao longo de 04 encontros, sempre no último sábado de cada mês, convidaremos artistas residentes do Centro Corográfico para realizar um bate papo com o público em geral compartilhando seus processos criativos e abordando questões que permeiam suas pesquisas artísticas.

.
No nosso primeiro encontro farão parte Teresa Taquechel, diretora e coreógrafa da Pulsar Cia de Dança e Leila Abraão e Helena Tojal, diretoras da Cia Livre Acesso que abordarão A heterogeneidade de corpos na dança como potência do processo criativo.

Tema: A heterogeneidade de corpos na dança como potência do processo criativo.

Convidadas: Leila Abraão, Helena Tojal e Teresa Taquechel
Mediação: Marta Perez
Dia 27 de agosto de 2016
Horário: 17:30
Sala de Vídeo

Mediadora: Marta Peres

Marta Peres, professora de Dança da UFRJ, tem formação em Dança (Angel Vianna,1990), fisioterapia (IBMR, 1995), com mestrado em Ciências da Saúde (UnB, 2000), doutorado em Sociologia (UnB, 2005) e pós-doutorado na USP (2015). Coordena o Projeto Paratodos/UFRJ e a “trupe DiVersos”. Dirigiu “A Quântica dos Corpos” (Cia de Rodas, 2004), ’68 à Vera” (2008), “Leonídia: ela é doida?” (2014/16), atuou em “Die Frau” (23′, Fernanda Sant’Anna, 2013), “Enquanto Caem as Folhas” (54′, Marina Martins, 2015) e publicou o livro “Corpos em Obras” (Annablume, 2014).

 Palestrantes:

Maria Teresa Taquechel y Saiz

Diretora da Pulsar Cia. de Dança, criada em 2000 no Rio de Janeiro, dedica-se à construção de obras coreográficas em dança contemporânea, refletindo em sua pesquisa a multiplicidade do indivíduo e possibilidades de produção artística entre corpos ímpares com resoluções próprias de movimento. Formada em Química, pela PUC-RJ, em Dança Contemporânea e Reabilitação Motora através da Consciência Corporal e da Dança, pela Escola Angel Vianna e pelo Curso de Formação Internacional do Método Feldenkrais – Conscientização Através do Movimento. Contratada pelo Hospital do Aparelho Motor Sarah, em Brasília – 1994, como professora de dança. Ministra, em diversas cidades brasileiras, oficinas e palestras sobre Dança Contemporânea e Consciência através do Movimento.  É coordenadora da Pós-graduação “Corpo, Educação e Diferenças”, da Faculdade Angel Vianna e professora do curso de Recuperação Motora e Terapia através da Dança, da Escola Angel Vianna/RJ.

Maria Helena Tojal de Araujo

É produtora teatral e atriz. Diretora Geral da Cia. Livre Acesso – Teatro e Dança voltada para produção artística para bailarinos videntes, não videntes e com baixa visão. Especialista em “Corpo, diferenças e educação” pela Faculdade Angel Vianna. Professora de Artes Cênicas do Município do Rio de Janeiro de 1986 a 2012. Desde 1994, no Departamento de Educação Especial – Instituto Helena Antipoff – CIAD. Publicou ensaios e artigos em diversas revistas e congressos entre eles: “História de Vida da Oficina de Teatro: A Construção da Alegria”; “A Vidência da Cegueira e O Avesso do Verso Fotográfico do livro Práticas Discursivas ao Olhar”;  “Diversidade na Arte – olhares sobre uma prática” entre outros.

Leila Abrahão

Especialista em Ciência, Arte e Cultura na Saúde pela Fiocruz/ IOC (2013), Especialista em Psicomotricidade pela UCB (2010), Terapeuta corporal com formação em Dança (Qualificação profissional: Bailarina) e com Especialização em Recuperação Motora e Terapias através da Dança pela Faculdade e Escola Angel Vianna (1994). Atriz profissional. Desde 2013, integra o projeto de residência artística do Centro Coreográfico da Prefeitura do Rio de Janeiro, junto a Cia Livre Acesso, onde é pesquisadora e professora de dança contemporânea com pessoas com e sem visão, no projeto Audição+Tato-Visão=Dança. Diretora Artística do espetáculo “Vejo a vida cor-de-rosa” com a Cia Livre Acesso (2016) que obteve o premio Viva o Talento, da SMC. Participou com a Cia Livre Acesso do INARTE/ Residência Artística em Lisboa, pela Voarte (2015), do Festival Corpos Ìmpares (2015) e do projeto Programa Carioca/ Dança (2015) na Cidade das Artes.

Anúncios

2 pensamentos sobre “Corpo em ConTexto

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s