CENTRO COREOGRÁFICO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO – Nova direção artística

“Informação e formação, pesquisa, estratégia para desenvolvimento local, memória, descentralização, inclusão e intervenção cultural, artística e política, fortalecimento das diversas práticas da dança, acessibilidade, intercâmbio e renovação. Movimentos permanentes que produzem presenças numa referência espacial. O solo bem pavimentado nos impulsiona a seguir saltando…

Como cidadão e artista sigo sendo diariamente maturado pelo que é público, pela universalidade da dança e pelos sentidos dos valores humanos e as relações sociais viabilizando, portanto, uma diretriz curatorial que congrega práticas reflexivas, pesquisa, formação, participação democrática, criação, desenvolvimento, difusão e intercâmbio. Sou cria da dança realizada com muita responsabilidade em projeto social e na escola pública.

Uma das belezas da gestão artística na atual realidade brasileira está na possibilidade de implementação de modelos fluidos estruturados pela dialogia entre as necessidades dos viventes da cultura frente às novas tendências de governança.

Desejo firmar parcerias institucionais e fico feliz em saber que já conto com o apoio do departamento de arte corporal da UFRJ, da Escola e da Faculdade Angel Vianna EFAV (casa onde me licenciei), do curso Técnico em Dança da Escola Técnica Estadual Adolpho Bloch e do Sindicato dos Profissionais de Dança do Estado do Rio de Janeiro.

Seguirei como membro do Fórum Permanente de Dança, agora colaborando sob a perspectiva da gestão. Neste grupo, além de profissionais que se dedicam voluntariamente para formulação de políticas, encontro as representações da Dança no Conselho Municipal de Cultura e no Conselho Estadual de Políticas Culturais. Nos tornamos uma instância pragmática da dança no Estado do Rio de Janeiro reconhecida pela seriedade de um trabalho calcado em estudo dos mecanismos legais de participação popular nos orçamentos públicos e no alinhamento com o Plano Nacional da Dança – documento que sugere ações comprometidas com princípios de diversidade, descentralização e continuidade.

Agradeço a confiança depositada em mim pela Secretária Municipal de Cultura Nilcemar Nogueira e toda equipe da SMC e firmo compromisso com toda a classe da dança em realizar um trabalho pragmático, programático, calendarizado, alinhado com a excelência artística das diversas práticas da dança (e compartilho da visão que estética se dá na fricção com o social), com o fortalecimento do Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro nos planos e metas do município sempre pautado na participação democrática.”

Diego Dantas

diegodantas.cultura@gmail.com

Anúncios

2 pensamentos sobre “CENTRO COREOGRÁFICO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO – Nova direção artística

  1. Desejamos sucesso na nova gestão e reiteramos nossos votos de admiração e estima por tuda a equipe desse excelente Centro coreográfico.

    Elizabeth Barros

    Em 3 de maio de 2017 12:01, Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s