CCo por dentro da Lei Aldir Blanc –Talento e Arte Cia de Dança | Projeto Amadurecer

Empenhados em nossa missão de estreitar laços e proporcionar arte e cultura para a sociedade, o Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro tem operado de forma extremamente controlada, seguindo à risca as determinações e prevenções ditadas tanto pela Prefeitura do Rio quanto pelo Ministério da Saúde. Assim, temos estado fechados para espetáculos e residências artísticas durante a pandemia de Covid-19 desde março de 2020.

Mas, se o prédio encontrou-se fechado para todes durante muitos meses e, recentemente, tem operado com acesso restrito e controlado, a programação online não parou. Apresentamos espetáculos online, projetos de videodanças, oficinas, mostras e escritas sobre a dança. Aos poucos vínhamos provendo os artistas contemplados pela Lei Federal nº 14.017/2020 (Lei Aldir Blanc) com o espaço para a realização dos trabalhos mas, diante do agravamento da situação sanitária, precisamos diminuir o ritmo para preservar a saúde de todes.

Mas queremos mostrar a vocês os trabalhos que já passaram por aqui e falar um pouco dos que ainda vão passar, graças a esse fomento. Então venham com a gente nessa série de vídeos em que os artistas falam de suas obras e mostram um pouquinho (só um gostinho!) delas!

Dando prosseguimento ao projeto, apresentamos esta semana o projeto TALENTO E ARTE CIA DE DANÇA – PROJETO AMADURECER. Idealizado pela diretora Marluce Medeiros, professora, bailarina e coreógrafa que acompanha o desenvolvimento de jovens bailarinas do subúrbio carioca, onde observa o quanto a dança impacta no histórico de vida dessas jovens. No início de 2020 tomamos a decisão de iniciar esse projeto e falar sobre o processo de amadurecimento da mulher. Essa escolha permeia também o próprio espaço de dança que completa 16 anos desenvolvendo arte e cultura no subúrbio carioca, e a coreógrafa que completou 50 anos de idade, 35 dedicados à dança onde o processo de amadurecimento é necessário para que seu trabalho se perpetue em outros corpos.

O espetáculo de dança foi idealizado para 5 jovens mulheres que, através da sua dança, falam de suas questões sociais e emocionais, da experiência de cada uma em amadurecer como mulher, destina-se ao público jovem, de escolas públicas, em especial o público feminino, mas também de escolas de arte e dança. Além da montagem e exibição do espetáculo de forma presencial e/ou on line o projeto contempla 2 oficinas disponibilizadas no formato online, 4 espetáculos no formato online e 3 lives com mulheres profissionais que através da dança fizeram suas carreiras e dividirão suas experiências no amadurecimento e auto afirmação do corpo feminino que a dança proporcionou.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s