PROGRAMAÇÃO DO MÊS

 

junho_2018_3

PROGRAMAÇÃO JUNHO 2018

 

Xirê Orixá – Divindades da Criação

Xirê Orixá” fala sobre o universo afro cultural e apresenta esse tema através de danças, lendas, músicas, toques, canções e uma releitura das divindades mais conhecidas no Brasil. Oito bailarinos/atores   trajados com as cores e vestimentas características dos deuses africanos, como se o próprio  estivesse presente ao som de atabaques ecoados por dois músicos e canções que falam sobre a temática, retratando arquétipos e semelhanças com seus filhos humanos. Com o objetivo de abrir horizontes para questões como o racismo e preconceito, a montagem usa o lado sensível e mágico da dança envolvente das divindades para levantar a bandeira da paz, enaltecendo as raízes do povo brasileiro.  O espetáculo é um entretenimento para toda a família. Sem pudores, sem máscaras, sem preconceitos! Em um ano de estrada, “Xirê Orixá” já levou centenas de pessoas há conhecer um pouco mais sobre as divindades iorubás..

Ficha técnica
Direção e Coreografia: Márcio Moura
Figurinos: Fernanda Sabino
Ambientação Cênica: Raquel Theo
Desenho de Luz: Álvaro Assad
Fotografias: Carlos Freixo
Produção: Lu Altmann
Assistente de Coreografia: Ariadne Lax

Bailarinos
Amanda Rocha
Ariadne Lax
Evandro Machado
Fagner Santos
Jan Oliveira
Laiza Bastos
Rafael Félix

Músicos
José Roberto
Yago Cerqueira

 

Data: 01, 02 e 03 de junho
Horário: Sexta e Sábado às 20h e Domingo às 18h
Valor do Ingresso: R$30 inteira, R$15 meia
Classificação: Livre
Duração: 50 minutos

 

Ensaios sobre o corpo exposto

“Ensaios sobre o corpo exposto” é um espetáculo/ performance, que traz a metalinguagem da videodança para a cena. Trata-se de um filme analógico, feito ao vivo, pelos intérpretes e público, que são corpos câmeras, tendo a exposição do corpo e de tudo que a ele se relaciona como uma grande indagação: Quais os limites da exposição de um corpo? O espetáculo pretende aproveitar o espaço de discussão da liberdade de expressão do artista para mostrar sua arte, sua fala, sua história e tudo o que reverbera quando o assunto é tratar das questões da potencialidade do corpo, que tantas vezes é reprimido, visto como um grande tabu social. O fazer artístico engajado com seu tempo é um grito, é história. Com esse intuito, o Laboratório de Linguagens do Corpo (LALIC/UFRJ) formou o Coletivo X, que tem como inspiração para as suas criações pesquisas de dramaturgia em dança que tem o corpo e as questões de gênero como o centro das discussões, o corpo como o lugar da existência e o questionamento do gênero, a fim de trazer, pela dança, pela performance e pela videodança o corpo como a realização, o protesto e a visibilidade. O tema da exposição, que é, atualmente, o que nos move artisticamente, aproxima-se de nossas experiências e do fazer artístico do Coletivo X e coloca em cena as consequências sociais de expor abertamente o corpo como o centro da narrativa. “Ensaios sobre o corpo exposto” nasceu do desejo de criar, em parceria com Coletivo X, formado por 8 intérpretes-criadores, dirigido pela coreógrafa e videomaker Mariana Trotta, um espetáculo de dança/performance, que tivesse como ponto de partida os limites da exposição do corpo. O que eu posso mostrar? O que eu quero mostrar? O quanto eu suporto mostrar? E quanto o outro suporta ver? Tendo estas indagações, temos como referência textos e vídeos de pessoas que se expõem virtualmente em redes sociais e aplicativos de relacionamento, pesquisando quais as consequências da exposição, os motivos, considerando principalmente o prazer em expor seu corpo, o seu desejo e a sua liberdade sexual.

Ficha Técnica
Direção artística: Mariana Trotta
Assistente de direção: Fábio Costta
Intérpretes/criadores: Bárbara Saraiva, Camila Reis, Fábio Costta, Filipe Nanttel, Idris Bahia, Marianna Alexandre, Marcílio Fernandes, Ronábio Lima
Música: Rafael Tellez
Fotografia: Osvaldo Rezende

Data: 08, 09 e 10 de junho
Horário: sexta e sábado às 20h, domingo às 18h. 
Valor do Ingresso: R$20,00 (inteira) R$10,00 (meia)
Classificação: 18 anos

 2º Festival de Dança Cigana Artística do Rio de Janeiro

O 2º Festival de Dança Cigana Artística do Rio de Janeiro é um projeto que tem como objetivo dar visibilidade a essa modalidade de dança que continua crescendo no cenário nacional. Com foco na divulgação e na formação nessa modalidade artística, o Festival oferecerá oficinas, palestras, mostras de dança cigana artística e pocket show. A proposta do 2º Festival de Dança Cigana Artística tem seu foco no estímulo à formação em dança cigana artística e a programação do primeiro dia de atividades compreende em um workshop para professores e uma vivência em dança e musicalidade cigana com música ao vivo, aberta ao público. No segundo dia serão 12 oficinas de dança cigana artística de várias regiões do mundo, ministradas por novos e renomados professores, voltadas para praticantes dessa modalidade de dança de todos os níveis e ainda teremos mostra de dança cigana artística e um pocket show.

Ficha técnica
Coordenação Geral: Ana Beja e Liane de Luna
Produção Cultural: Cia Dançadelas e Sol y Luna Danzas
Direção Executiva: Luciana Sinder
Coordenação de Comunicação: Luciana Sinder
Coordenação técnica: Paulo Leon

 

Data: 15 e 16 de Junho de 2018
Horário: Sexta às 19:30 e Sábado às 18:30
Valor do Ingresso: inteira R$ 40,00 / meia R$ 20,00
Classificação: Livre
Duração: 2 dias

 

Viva a Cultura Popular Brasileira! Companhia Folclórica do Rio-UFRJ 30 anos!

 

A Companhia Folclórica do Rio-UFRJ faz 30 anos!!! Para comemorar essa data, o espetáculo Viva a Cultura Popular Brasileira! vai unir os quadros mais emocionantes de todos esses anos. Embalados com muita música ao vivo, os 40 brincantes inspirados nos mestres populares trazem aos palcos as Danças do Pará, Danças Gaúchas, Dança de São Gonçalo, Pastoris, Cirandas, um encontro de bois, Sambas, obras de Villa-Lobos, Luiz Gonzaga e outros brasileiros da cultura.

 

Ficha Técnica
Coordenação: Eleonora Gabriel e Frank Wilson
Criação e Direção: Eleonora Gabriel
Assistentes de Direção e Preparação Corporal: Elaine Aristóteles, Mônica Luquett e Rita Alves
Direção Musical: Luciano Camara e Maestro Leonardo Bruno Regência: Maestro Leonardo Bruno
Preparação e Arranjo Vocal: Giovanni Padula e Maestro Leonardo Bruno
Dançantes: Carla Giglio, Carolina Accioli, Diogo Nascimento, Dudu Garcia, Elaine Aristóteles, Eleonora Gabriel, Flávia Souza, Frank Wilson, Giovanna Lo Bianco, Giselle Costa, Ibis Lima, Jacqueline Barbosa, Jefferson Maciel, Leonardo Amorim, Luan Gustavo, Márcia Cassaro, Mônica Luquett, Pedro Avlis, Raquel Serra, Renata Araújo, Rita Alves, Roberto Barboza, Rodrigo Magalhães, Slow Yo, Tayane Torres, Tulani Pereira, Victor Garcia, Viviane Brito e Xandy Carvalho
Músicos: André Aladê, Bruno Amorim, Eleonora Gabriel, Gabriel Gabriel, Giovanni Padula, Leonardo Bruno, Luciano Câmara, Paulino Dias, Rita Alves e Xandy Carvalho
Direção de Figurino e Cenografia: Flávio Bassan e Mônica Luquett
Assistentes de Figurino e Cenografia: Anne Beatrice, Guilherme Lima, Jessica Serbeto e Renan Garcia
Direção de Produção: Oyagbemi Lewe
Assistentes de Produção: Bruno Hatzfeld, Elaine Aristóteles, Karla Flor e Rita Alves
Identidade Visual: João Mors Projeto de Luz: José Geraldo
Produtor(a) Responsável: Angela Oyagbemi Lewe

 

Data: 23 e 24 de junho
Horário: Sábado às 19:30 e Domingo às 18h
Valor do Ingresso: R$20,00 inteira, R$10,00 meia
Classificação: Livre
Duração: 1h e 40 min

 

Linha Primitiva

“Dá para dançar enquanto se pensa? – eis a questão. Será que dá? Dá para dançar se estivermos pensando? Não posso acreditar numa dança que tenha nascido do pensar. Para mim, o importante é esse sentimento, de achar, de repente, a beleza num bebê. Não se trata de entender com a cabeça. No ventre materno, criou-se um pouquinho de vida. No vente materno, há coisas que deixamos de falar, de ouvir, de ver, que deixamos escapar, por isso que ficam, de leve, alguns desses fragmentos. Por isso fico com vontade de lhes dizer que “pensar, não pode…” Kazuo Ohno – Treino e(m) poema. Linha Primitiva coloca em desafio o encontro entre quatro artistas que desejam explorar a dança  e a música da carne, das vísceras, dos gestos. Uma busca pelo encontro com fantasmas e espíritos que se formam e se deformam através da matéria real e as vezes imaginária de linhas. A movimentação do trabalho surge a partir dos estudos biológicos da chamada Linha Primitiva, uma estrutura característica da gastrulação* de répteis, aves e mamíferos. Sua formação se dá na proliferação e migração das células até o nó primitivo. Assim que a linha primitiva surge, é possível identificar o eixo cefálico-caudal de um embrião.

*Gastrulação: processo de formação celular do endoderma, mesoderma e ectoderma.

Ficha Técnica

Concepção, direção e coreografia: Maria Elvira Machado
Criadores intérpretes: Elton Sacramento, Gabriela Cordovez, Maria Elvira Machado e Renata Versiani
Música: Jean Dumas
Colaboração coreográfica: Elton Sacramento, Suelen Cristina, Luiza Cascon, Renata Versiani e Gabriela Cordovez.
Colaboração artística: Jean Dumas, Daniele do Rosario, Laura Lago e Luana Bezerra
Vídeo: César DuFolk
Iluminação: Gil Santos
Figurino: Luiza Castro e Maria Elvira Machado
Arte gráfica e desenho sonoro: Laura Lago
Produção Executiva: Fernanda Cavalcanti
Produção e Realização: Nomad Gondwana Produções Artísticas e Musicais Ltda e Múltiplo Ateliê
Assessoria de Imprensa: RoMa Comunicação

Data: 29, 30 de junho e 01 de julho de 2018
Horário: sexta e sábado às 20h e Domingo às 18h
Valor do Ingresso: R$20 inteira, R$10 meia
Classificação: 14 anos
Duração: 50 minutos
Anúncios

24 comentários em “PROGRAMAÇÃO DO MÊS

  1. Como podemos nos inscrever para participar do congresso brasileiro de dança moderna?

    1. Olá ELizabeth,

      Para inscrever-se no Congresso Brasileiro de Dança Moderna, entre no site: congressodancamoderna.com.br/inscricoes/

      Atenciosamente,

      Centro Coreográfico

      1. Podemos fazer inscrição no próprio Centro Coreográfico nesta quarta dia 23?

        obrigada,

        Elizabeth

        Em 11 de julho de 2014 17:36, “Centro Coreográfico da Cidade do Rio de

      2. Olá Elizabeth,

        As inscrições para o IV Congresso Brasileiro de Dança Moderna são feitas pela produção do evento.
        Entre em contato e obtenha informações através do site: http://www.congressodancamoderna.com.br

  2. elizabeth quirino barros 23 de julho de 2014 — 6:44

    posso fazer minha inscrição a no evento? já estou chegando ai no rio de janeiro.

  3. Fiz minha inscrição para as oficinas que serão oferecidas em Setembro. Quando sai o resultado?

  4. Olá! Meu nome é Josie e gostaria de saber como eu faço pra conseguir uma sala pra o meu grupo de dança (Grupo Meu Talento – Anitta Cover). Estamos precisando de um lugar fixo pra ensaiar e me indicaram vocês.

    1. Prezada Josie,

      Semestralmente abrimos uma Convocatória para residência de artistas e cias.Fique atenta a abertura da convocatória através do blog e inscreva-se!

      Atenciosamente,

      Centro Coreográfico

  5. Gostaria de ver uma apresentação neste sábado dia 4/10 tenho de comprar os ingressos hoje ou amanhã eu consigo comprar na hora.? obrigada

    1. Olá Helena,

      O espetáculo de hoje pode ter o ingresso comprado na hora.Nossa bilheteria está aberta a partir das 16h.

      Atenciosamente,

      Centro Coreográfico

  6. Boa tarde
    gostaria de saber se vocês já tem a data ou previsão do Congresso brasileiro de dança moderna, para este ano?
    Desde já agradeço!

  7. Boa tarde
    gostaria de saber se vocês já tem a data ou previsão do Congresso brasileiro de dança moderna, para este ano?
    Desde já agradeço!

    1. Olá Ruan, boa tarde

      Não temos previsão para o Congresso deste ano.

      Atenciosamente,

      Centro Coreográfico

  8. hmm =/
    Sem previsão, mas vocês podem afirmar se esse ano ainda tem?

  9. Olá, como devo fazer para participar das palestras oficios da dança?

    1. Boa tarde Adriana,

      É só chegar um pouco antes de começar e assistir!

      Att;

  10. Clara braga de Albuquerque 13 de maio de 2016 — 21:52

    Boa noite, gostaria de saber se existe algum projeto com ballet? Eu já fiz por alguns anos e não estou achando nenhuma academia ue caiba na minha renda.. obrigada

    1. Olá Clara!
      O Centro Coreográfico oferece oficinas gratuitas.
      A principio, não consta em nossa pauta nenhuma oficina de Ballet.
      Mas fique de olho em nosso blog e Facebook para mais novidades!

    2. Boa noite!

      Como devo proceder para inscrever meu grupo para participar de um curso de dança moderna? Somos 7 pessoas e gostaria de saber se podemos nos alojar no centro coreográfico nos dias: chegada dia 08 de julho, saída dia 11 de julho; chegada dia 22 de julho, saída dia 25 de julho. O curso de Dança Moderna será promovido pela Sra Andreia Raw. Somos de Goiânia- Goiás e gostaríamos muito de fazer. Poder nos ajudar?

      desde já agradeço sua atenção,

      Jéssica Ribeiro

      Em 17 de maio de 2016 16:47, “Centro Coreográfico da Cidade do Rio de

  11. Olá como eu consigo uma sala para o meu grupo?

    1. Olá Matheus,

      A residência se dá através de editais de convocatória.
      Aguarde a abertura do próximo e inscreva sua companhia!

  12. Olá Jessie! O Centro Coreográfico não aluga seus espaços. Envie sua proposta para cco.culcutapresente@gmail.com e veremos o que será possível!

  13. A Associação dos Profissionais e Dançarinos de Salão do RJ (APDS/RJ) realiza no primeiro semestre de 2018 o projeto DIÁLOGOS E MOVIMENTOS, contemplado pelo edital de ocupação do Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro (R. José Higino 115, Tijuca). De março a julho, serão cinco eixos temáticos, um a cada encontro mensal, completando um ciclo básico de estudos teóricos e de movimentos, com palestra, debate e prática. Investimento: R$ 40 (inteira) | R$ 20 (meia) | grátis para associados APDS/RJ adimplentes. Vagas limitadas. Pré inscrições pelo email apdsdorj@gmail.com. Primeiro encontro, neste domingo, dia 18/03/18: ETIQUETA NO SALÃO – COORD. SÉRGIO E ANA CASTRO – Algumas abordagens: etiqueta ontem e hoje; dress code; como agir em bailes lotados; movimentos de retorno, espera, desvio e avanço; protagonismo do condutor e do conduzido; condução perigosa.

  14. Segunda edição do projeto DIÁLOGOS E MOVIMENTOS será dia 15/04, com a temática TEORIA MUSICAL APLICADA AO ENSINO DA DANÇA DE SALÃO.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close